Moradora dos Estados Unidos resolve fazer tratamento na Climege e se emociona com resultado

 Moradora dos Estados Unidos resolve fazer tratamento na Climege e se emociona com resultado

Ações rotineiras como cortar as unhas, carregar a netinha no colo e até mesmo dormir sem desconforto é uma nova página na vida de Elenilda Pestana, moradora dos Estados Unidos que realizou em Mata de São João – na Climege – Hospital Dia, um procedimento cirúrgico que colocou um ponto final nas dores na coluna lombar que ela tratava, sem sucesso, há mais de três anos.

No Brasil e ao conhecer por indicação de uma amiga o trabalho do ortopedista e traumatologista Dr. Ernest Fialho, ela não pensou duas vezes e marcou uma consulta com ele. Ao apresentar os exames que fez em seu país de residência, ficou demonstrado o histórico de dor crônica em coluna lombar baixa, tratada ao longo desses anos com medicação contínua para reumatismo. Com isso, o diagnóstico: artrose lombar.

Antes de entrar no centro cirúrgico na última semana o médico comentou sobre como foi acompanhar o caso. “Fizemos toda uma análise do histórico médico da nossa querida paciente e após o diagnóstico, realizamos um procedimento inicial que foi um bloqueio teste e o resultado foi muito positivo. A coluna parou de doer, ela ficou muito feliz com a resposta do corpo e resolvemos partir para o tratamento definitivo: a radiofrequência”, comentou.

Ainda antes da cirurgia, nós conversamos com a paciente. Ela fala um pouco do idioma português e se esforçou para transmitir o seu sentimento. Lene, como é chamada, não escondeu a satisfação de voltar a realizar atividades aparentemente simples, mas com significados grandiosos para quem não os pode fazer.

“Viver com dores é terrível. Você perde a qualidade de vida. Eu estava perdendo meus movimentos, não conseguia mais cortar as unhas dos pés, nem levantar minha netinha no colo e tem quatro dias que estou fazendo isso. É maravilhoso”, disse emocionada.

O procedimento foi um sucesso e acompanhamos de perto o trabalho de toda equipe, atenta em cada detalhe, seguindo a risca as condutas profissionais e as orientações do médico responsável.

Fotos: Marcelo Guerreiro